Você sabia que o "fracasso" está a serviço do sucesso?

separator
Compartilhar

Qual seria sua reação ao chegar numa livraria e se deparar com o seguinte título na capa de um livro… “Seja o fracassado mais TOPE!

Com certeza faria perguntas do tipo… “O que é isso?” “É realmente o que estou lendo?”“O autor quer mesmo vender esse livro?“…

Pois bem, esse livro existe e foi escrito pelo médico brasileiro, Dr. Jonathas Marcon Toniazzo, ou simplesmente Dr. John, como costuma ser chamado. Mas para saber mais sobre o livro, é importante conhecer um pouco do seu autor.  

De origem humilde, oriundo da região centro-oeste do país, o jovem Jonathas, ingressou na Força Aérea Brasileira, mas depois de 3 anos, entendeu que não era isso que queria e resolveu mudar tudo, ingressando no curso de medicina, que mesmo com todo o sacrifício para sua conclusão, conseguiu se formar em 2013, passando a atuar como médico desde então.

Porém no meio deste processo, de encontrar um caminho que lhe trouxesse a plenitude e satisfação como profissional e também como pessoa, Dr. John acabou passando por muitos altos e baixos, desenvolvendo depressão, passando pelo mundo das drogas e tendo dois episódios de tentativa de suicídio. 

Depois de muitas frustrações, ao participar de um curso que abordava a neurociência como tema, finalmente se encontrou, com o que ele chama de “propósito de vida”. A partir de então, ele resolveu se aprofundar ainda mais na área e investir pesado nesse propósito. 

Para quem não sabe, a neurociência estuda o cérebro, a mente e o comportamento. E ela não só ajuda a entender o funcionamento normal das tomadas de decisão, como também os vieses cognitivos divergentes. 

E com seus estudos decorrentes deste aprofundamento, e entendendo pela neurociência que o nosso cérebro trabalha e se comunica através de padrões/códigos, isso culminou na criação de um método que foi batizado por ele como Código Fonte, ou “Método CF”, que é a base do treinamento cognitivo transformacional que ele emprega nos seus treinamentos.

Depois de criar o método, e trabalhar com ele constatando sua eficácia, lhe veio a ideia e a vontade de escrever um livro. Mas um livro que mesmo trazendo como base a sua história de vida, mostrasse as estratégias, as ferramentas, e os caminhos para as pessoas que estivessem vivendo no âmbito das drogas, da improdutividade, da ansiedade, da depressão, do stress, em pensamentos destrutivos e suicidas, pudessem se conectar como ele e entender que tudo aquilo que eles estão passando, nada mais é que uma preparação para algo maior que está por vir, e que pode ser sim muito positivo, bastando a tomada de consciência e a utilização de estratégias capazes de remasterizar fatos e dados negativos no território mental. E assim nasceu o “Seja o Fracassado mais TOPE!” (YesBooks). 

E diante deste título, vem a pergunta… O que o levou a essa escolha?… E ele respondeu… “Quando você pergunta a uma pessoa, qual é o significado de fracasso para você, o que vem à cabeça é que se trata de uma derrota, um ponto final. Mas, não é nada disso!… O fracasso é na verdade uma guinada, uma possibilidade de alavancar algo novo, de seguir para uma nova chance. O fracasso está a serviço do sucesso, bastando que você aprenda a usá-lo a seu favor”

Segundo ele, nossa humanidade foi preparada para o sucesso, não o contrário. Grande parte dos nossos sofrimentos e angústias, se dão por conta dos significados dados na infância. O significado real de fracasso é o, pare, tome consciência do que você está fazendo, mude suas estratégias, se conecte com outras pessoas, e siga em frente. Até porque o problema não está no fracasso, mas sim em desistir. 

E onde entra a neurociência nisso?… No momento em que nós “remasterizarmos” o fracasso, mostrando e fazendo as pessoas entenderem que cada desafio da vida, que cada problema enfrentado, é na verdade uma oportunidade, uma segunda chance. 

E ao escolher o título, Dr. John também fez questão de mudar a grafia para a palavra “TOP”, incluindo o E, que tem como significado o E de Essência, fazendo conexão com sua verdadeira identidade.

Outra novidade no livro, que se mostra totalmente interativo com o uso de vários QR Codes em suas páginas com esse fim, é o fato de “não trazer um prefácio”. E o motivo alegado pelo autor é que ele deseja que o livro também tenha um pouco do seu leitor, que ele convida a participar, escrevendo ele o prefácio numa parte do livro especialmente reservada a isso. E não para por aí, ele fará uma análise para aqueles que quiserem participar, em que será escolhido o melhor prefácio entre os participantes para que aí sim, seja publicado na próxima edição.

É sem dúvida uma publicação diferente, e que segundo seu autor, não veio para ser mais um livro de cabeceira, mas para ser um manual de instrução pessoal, profissional, e espiritual, de todas as áreas da vida do ser humano. Além disso, Dr. John também decidiu doar todos os direitos autorais do livro, que serão destinados ao projeto Santa Ceia que alimenta, neste momento, mais de 500 famílias no Paraná.

 

Dr. Jonathas Marcon Toniazzo (Dr. John) atua hoje como médico, palestrante e escritor. É casado, e pai do Bruno e da Beatriz.